.Net Framework/ C#

Hello .Net framework 4.5 para desenvolvedores Flex/Flash

Microsoft_.NET_Framework_v4.5_logo

Já se passaram 3 semanas desde que comecei a investigar o .Net framework e muita coisa me chamou atenção no quesito de desenvolvimento de aplicativos tanto para Web quanto para Desktop/Mobile.

Fiquei altamente mal acostumado com o Visual Studio mesmo que seja na versão express, ele traz ótimos recursos que só sabe quem usa, um deles é a facilidade de desenvolvimento.

Por exemplo, para quem vem do Flash Builder 4.7 viu que você programa e quando compila ele o check dos erros, já no visual studio e com a idéia de JIT fica muito mais fácil identificar cagadas no código. Não esquecendo que isso veio só ser disponível no SDK do FalconJS. É um recurso um tanto simples que acaba passando despercebido e é altamente produtivo.

Quem vem do Flex MXML

Vocês podem usar facilmente o WPF ( Windows Presentation Foundation), que é XAML uma espécie de dialeto em XML igual como era no MXML, e fiquem calmos, por que 98% da sintaxe é semelhante ao MXML. As únicas diferenças nítidas são Tags sem prefixos e propriedades começando com letras maiúsculas.
Além do mais, tudo no WPF é code behind, amarra um pouco no início mas você pega o jeito rapidinho.

ASP.Net MVC 4 com Razor

Quem está na busca por continuar no âmbito de soluções web, pode optar por usar ASP.Net com o MVC próprio e o RAZOR que é uma espécie de Engine de template para facilitar a separação

Em 13 anos nessa industria vital eu nunca havia colocado uma linha de código em asp, à não ser para exemplos fuleiros que faziam pouquíssimas coisas, e quem manja de PHP facilmente manja de ASP.Net especialmente se você está integrando com o C#.

C# o actionscript da plataforma .net

Quando eu esbravava fortemente o Flex e o Actionscript eu tinha orgulho em trazer desenvolvedores C#/Java para conhecer mais sobre o Actionscript, hoje eu faço o contrário, vocês desenvolvedores Actionscript, conheçam o C#, é fortemente tipado, tem Byte Reader, integração muito boa com o sistema operacional, um GC que funciona melhor que no Flash Player, alocação virtual de 2Gb e por ai vai.

Por exemplo, é fácil você achar as semelhanças e diferenças com o java por exemplo, o que representa já 95% de sintaxe idêntica. O C# encontra-se na versão 5.

O que de fato muda é apenas algumas maneiras que você declarava variáveis e tipos de variáveis, o PlayScript mesmo que é uma tentativa fraca da Zynga manter o Actionscript vivo é bastante baseado no C#.

Multi-plataforma

Funciona tanto no Windows 7/8, (Mac e Linux usando o Mono) quanto na Web e compatível com o W3C, HTML5 e CSS3, o código gerado pelo ASP é bem limpo, li muita coisa na internet onde muita gente reclamava das versões anteriores devido a macarronada de código e porco que ele gerava.

Interoperabilidade

Parece até piada, mas tu não faz muito esforço para ter um sistema integrado fácil com o .Net framework. A Microsoft disponibiliza uma dúzia de ferramenta para você ficar tranquilo.

Documentação

É hiper importante quando você está chegando na tecnologia, mesmo tendo vasta experiência em outra área, ler documentação ajuda a colocar os píngos nos i.
Nesse quesito eu dou nota 8, tem muita explicação e pouco exemplo prático daquilo que foi apresentado, diferente da documentação do Actionscript.

Quem não tem assinatura MSDN nem esquenta a cabeça, por que o conteúdo gratuito do site é de dar inveja à qualquer rede de desenvolvedores, eu fico aqui imaginando como será o conteúdo pago.

Ferramentas

Deixe no mínimo uns 5Gb de espaço no HD para você instalar o Visual Studio 2012, eu optei pela versão Express para Desktop, Mobile e Web. São downloads separados e cada um deles vai de 1.2Gb por ai. É o trade off de se usar uma versão gratuita. Quem quiser pagar pode usar uma versão mais profissional e/ou premium e ai baixa tudo em um só pacote com tudo que tem direito.

Nesse ponto, o que não falta são simuladores, uma IDE fantástica, documentação farta, muito conteúdo disponível especialmente em C# e muita gente boa blogando.
É uma comunidade imensa e uma tecnologia que precisa ser mais explorada por mim para eu falar muito mais com propriedade no futuro.

Flash Player/ Flash Player 11

Para uma melhor experiência de internet, faça-me o favor, Remova o Flash Player

olho_grande

Infelizmente esse dia chegou. É triste e cansativo esse tópico, porém tudo chega ao seu fim.

O Adobe Flash Player 11.7 chegou à um nível que é insuportável, quebra o navegador toda santa hora, videos, audios e scrub da barrinha de videos lentas e não funcionais e a gota d’água é o consumo de memória.

Já tentou ver video do youtube com essa versão? Já tentou executar uma animação acelerada sem uma placa de video boa? Pois é, o que me parece proposital e o foco é deixar só para joguinhos em redes sociais.

Quando o Flash Player ainda era na versão 10. Eu conseguia usar uma aplicação em Flex com máximo de uso de 34mb de memória, hoje a mesma App com o novo Player está chegando a picos de 157mb ou 160mb. Fora que os navegadores evoluiram e o as3 ficou obsoleto.

Você pode até imaginar que eu esteja ficando maluco, mas olha ai quanta gente está notando o problema.

Isso já não considero mais Web e sim Desktop. Foge do paradigma de melhor tecnologia web.

Estou bem triste em dizer isso, mas para uma melhor experiência do usuário final, remova seu Flash Player, seu navegador vai correr livre, rápido e provavelmente nunca mais travará.

Uma tecnologia brilhante jogada na lata do lixo sem o mínimo de descendência de tirarem o lacre antes de jogá-la.

Não confundam com o Adobe AIR para mobile, esse ainda eu tenho esperança, embora não tenha tanta fé assim.

Ah! próximo projeto, faça com padrões abertos. Triste, muito triste como as coisas acontecem e ao mesmo tempo conformado que tenha chegado ao fim para aplicações.

Atualizado[05 de Junho de 2013]

Sigam o post aqui, acabei de explicar melhor o ocorrido.

Dicas/ Negócios/ Pessoal

Dicas infalíveis para Startups

startup-sign

Confesso que fico animadaço com o cenário de startups no Brasil, é governo investindo, é empresas estrangeiras vindo para cá, eventos dedicados, é empresas anjos, é tanto livro nas bancas de revistas de aeroportos e muito investimento aqui e ali. E claro que deveriamos ter uma Associação ; Afinal se forças não forem unidas e a taxinha paga, nada vai para frente.

É muito bacana toda essa energia, motivação. Só que ao mesmo tempo que me motiva, me preocupa. Por que? Ser realista às vezes dói lá no fundo, pecado todo mundo tem e eu também tenho os meus, o que me incomoda em todo esse movimento de startups é o aproveitamento de poucos para ótimas idéias de muitos.

Antes de descer o pau e ser realista ao invés de empreendedor, eu aprendi desde cedo que você só pode se comprometer com o sapato quando ele cabe em seu pé. Ter um sapato novo é bom, melhor ainda se você pode acomodar em sua renda. E renda essa que você vai precisar quando o bolso furar e as contas chegarem.

Eu compilei dicas infalíveis e realistas para você não cair no conto da cinderela.

Fuja de associações

esperanca
créditos da foto http://500px.com/photo/28151741

Você vai pagar a taxinha para associar-se, e não vai te trazer retorno algum, é só mais um esquema de pirâmide, que se sustenta à base de sua doação, onde o produto que você quer vender ficará na falsa esperança que eles te ajudam.

E se for de graça é pior ainda, você vai colocar lá o que sua empresa faz, o que ela quer fazer e/ou o que ela está tentando vender. Já passou pela sua cabeça que esse site chegou até você só por um íntimo motivo de ver o que já existe? E já imaginou que tudo isso é voltado em torno de outros empreendedores, ou seja você está tentando mostrar sua empresa para quem está montando outra também. Isso não é aconselhado mesmo na teoria de jogos(Nash Equilibrium).

Pois é, suas frustrações começam ai, é simples, saia desse ciclo vicioso.

Topa tudo por dinheiro

olho_grande

Créditos da foto http://500px.com/photo/13616011

Se você está nesse lance de startup por que a grana de investidor é alta, você está na verdade querendo praticar 171. Se lhe ofendi, já peço desculpa antes de terminar o parágrafo; Já que dinheiro nem sempre é o problema para se inventar.

Empreendimentos geralmente se vem de um sonho, desejos; Todos pensam em crescer, ser bons profissionais, acumular rios de dinheiro, ser bem sucedido. Minha definição de sucesso é diferente da sua e eu guardo ela para mim, assim eu aconselho você à fazer.

Não deixe a ganância acumular em sua consciência que para ter uma boa startup tem que ter bons negócios graúdos. Veja problemas do dia à dia e tente ganhar começando por centavos.

Outro dia estava vendo um jornal que achei abandonado no avião e lá mostrava um rapaz que ganhava dinheiro vendendo coroas de flores para sepultamentos. É uma idéia simples e que ele gastou só R$500,00 para idealiza-la.

Se o rapaz em questão fez isso com tão pouco dinheiro, por que você precisa te tanto dinheiro assim? Apptricinado (App+ patrocinado) é um bom começo para uma idéia inovadora. Como diz o mago dos nove dedos, “Inovação é você fazer uma embalagem de pizza e deixar ela quentinha até ser entregue em sua casa”.

Eu tenho muitos amigos que estão fora dessa modinha de “investidor anjo”, “quero 1 milhão para isso”, “Sua idéia vale isso”. É muito bom para quem investe, para quem está sendo investido “você” é um péssimo negócio.

De cara 40% do que você pensou, pasará para outra pessoa que pode pensar diferente de você, claro e óbvio que isso foje a regra em alguns casos. Em sua grande maioria é assim. Já vi tantas boas idéias virarem lixo só por que investidores queriam retirar o dinheiro investido com 300%, 400% de lucro.

O olho grande de quem investe, é maior que sua própria boca, então fique espero nesse aspecto.

Seja realista

realista
Créditos da foto http://500px.com/photo/5817502

O Brasil é diferente do resto do mundo, somos do pegar na mão, conhecer pessoalmente, fazer tudo presencialmente. Acho que herdamos esse costume dos árabes, onde lá isso é regra e não excessão.

É bom ser realista, ter um coração puro e ser honesto com quem você quer ter investimento, relacionamento de clientes. Se há alguma regra mais importante que eu adotaria seria essa.

Embora sua honestidade possa atingir a ganância de uns, quem tem um sexto sentido pode ficar longe de cair em uma armadilha, só não fique sempre de olho nesse lado negativo da coisa, existem bons investimentos para grande sonhos.

Elabore um plano de negócio para sua empresa, como se você fosse avaliado por Carlos Salim, Eike Batista, Amancio Ortega. Sentiu? Então para não passar vergonha fale à verdade.

Quem não registra não é dono

registro
Créditos da foto http://500px.com/photo/25447381

Quando você ia para escola, sua mãe sempre colocava seu nome na lancheirinha, lembra disso? Pois é, ela estava te ensinando a fazer certo a coisa desde o início e você nem prestou atenção.

Em qualquer curso de Administração, você sabe que a marca, idéias são os bens mais valiosos de uma empresa, escritórios, cadeiras, papéis, impressos. Isso não tem valor algum se você não registrar suas idéias, sua marca.

Se perder, não vá chorar as pitangas depois, o estrago será grande e ai já era mesmo.

Quem não registra, não é dono. Tem várias empresas que vão te ajudar nesse esquema, e qualquer contador te ajuda a abrir uma empresa (CNPJ), ter um CNPJ lhe ajuda à ser exergado de melhor forma do que confiar absolutamente em um CPF, eu não sei qual a mágica por trás do nosso sistema financeiro, mas CNPJ tem mais valor por essas terras.

Fracasso

falha

Créditos da foto http://500px.com/photo/25996779

Acostume-se a ele, grandes mentes da inovação fracassam, todo mundo fracassa, a diferença é em saber continuar, bola para frente e não deixe esse fracasso lhe incomodar.

Caso tenha alguma chance de tentar, tente novamente, de novo e de novo, quantas vezes for necessário.

Se não deu certo hoje, amanhã. Uma hora virá e esteja preparado.

O resto que você aprender por ai, é só acrescimo, no fundo eu sei que você já sabe o que quer, só está com medo e dúvidas. Tenha calma e paciência, o desespero é o fim dos desavisados.

Curta sua idéia e transforme a vida de várias pessoas, comece pelo seu ciclo familiar, depois rua, bairro, cidade e por ai adiante. Se até bebê começa pequeno, por que essa mania de começar já grande?

Ah! e como todo bom empreendedor, esqueci de mencionar, coloque em prática, idéias boas todo mundo tem, falta só faze-la. A ciência do foguete está ai, descubra!