AIR Mobile/ Android/ Apache Cordova/ ios/ iPad/ Iphone/ JQuery Mobile/ Phonegap/ Tablets

Apache Cordova vs Adobe AIR para dispositivos móveis

cordova_logo

É bom ter competitividade na esfera web, assim nasce projetos fantásticos que ajudam o desenvolvedor a criar soluções práticas e rápidas.
Este é o caso do Apache Cordova aka “Phonegap”, o Cordova tem surpreendido diversos desenvolvedores móveis, pela sua praticidade em acessar recursos nativos do aparelho para diferentes plataformas móveis, assim como o Adobe AIR o Apache Cordova te ajuda de uma maneira fácil acessar calendário, contato, notificações, alertas, vibrar, geolocalização, compasso e uma diversidade de novas funções built-in que vem no seu celular.

Depois de gastar um bom tempo estudando seu modelo, seu comportamento e como ele trabalha, decidi escrever um post sobre ele e compara-lo ao Adobe AIR, o que nesse caso eu tenho mais intimidade.

Assim como em qualquer tecnologia, você tem os pros e cons, acho que com isso você já tem uma noção maior do que usar e o que não usar, colocando em mente que cada caso é obrigatório analisar primeiro antes de decidir.

Apache Cordova

Pros:

  • Atinge 6 plataformas com uma só API
  • 90% de sua API já é built-in ( Vibration, BatteryLevel, Menu, Alertas, Calendário, Contatos)
  • Possibilita você criar suas extensões próprias com facilidade
  • Larga comunidade e alta frequência de builds.
  • Curva de aprendizagem muito rápida
  • Arquivo de instalação leve máx (4mb)
  • Performance de execução do App e efeitos de transição beira o nativo.
  • Interface pode ser feita em HTML/CSS/JS o que muito designer pode criar suas próprias Apps facilmente.
  • Componentes são criados e desacoplados em tempo de execução
  • Interfae é interpretada por um navegador interno WebKit

Cons:

  • Diversos frameworks para UI, faz você se perder em qual usar para seu projeto
  • Não tem suporte a HTTPS
  • Não suporta gestos por padrão, você tem que usar biblioteca externa para isso.
  • Ainda para dispositivos ios você tem que colocar o velho POG em ação para aceleração de hardware
  • Documentação é pobre de exemplos
  • Sem suporte a SQlite por padrão
  • Não suporta encriptação do sqlite
  • Suporta transferencia de dados em XML/JSON

 

Adobe AIR  3.5 para mobile

Pros:

  • Atinge apenas (Android 2.3.3+, ios 3.1+ e Blackberry Playbook)
  • Ciclo de vida de componentes baseado em eventos
  • Suporte a gestos por padrão
  • Suporta transferencia de arquivos em AMF/AMF3/JSON/XML
  • Suporta HTTPS/ SQLite/ Webcam/Audio e Video
  • Live stream de videos
  • Componentes já pré-fabricados usando o Flex Framework
  • Performance de 60fps quando usadas as classes Stage3D
  • Documentação extensa

Cons:

  • Arquivo de instalação ~10mb o que é grande para se transmitir via 3G
  • Interface é compilada e rendenizada
  • Suporta recursos nativos apenas se você extender com o ANE
  • Rendenização de texto é um pesadelo
  • Layout fluido para diversas telas diferentes é um POG gigantesco
  • Performance lenta quando se tem mais de 5 views
  • Ciclo de 24fps deixa qualquer celular com Android 2.3.3 lento
  • Não melhora o gerenciamento da bateria.

 

Claro que tem outros pros e cons de cada tecnologia, só que essas são as mais corriqueiras que você vai ver em grande parte dos casos quando for escolher.

E qual devo usar? Essa deve ser sua pergunta agora depois de ter lido os pros e cons. Minha resposta é vai depender de seu caso e o que você precisa fazer.

Um exemplo é, se você vai fazer jogos, eu lhe aconselho usar o Adobe AIR, já que a performance é melhor e muito mais fácil para criar jogos, agora se você vai fazer uma App para empresa que ela coleta informações de inventário, informações de cliente ou um App para registro de compras, o Apache Cordova é seu melhor parceiro.

Depois de duzias de Apps escritos, eu estou considerando o Apache Cordova como primeira opção e logo em seguida o Adobe AIR para boa parte dos Apps que escrevo diariamente.

Pergunto a você quais foram seus maiores problemas entre as duas plataformas?

7 thoughts on “Apache Cordova vs Adobe AIR para dispositivos móveis

  1. Concerteza, me doeu ler os contras do adobe, mas o que pesa mais é na IDE de desenvolvimento, que realmente conta muito na hora do desenvolvimento e da produtividade.

  2. Eu concordo que esses frameworks ajudam na velocidade do desenvolvimento….
    eu realmente prefiro desenvolver em cima do sistema nativo do device. Eu fico mais seguro dessa forma.

  3. A pior dificuldade no app com AIR foram os itens renderers mas com um pouco de POG foi resolvido. A melhor feature foi implementar uma conexão socket para push data com muita facilidade.
    Com o phonegap a dificuldade foi ter que ter diferentes ambientes de desenvolvimento para instalar ferramentas de terceiros para, por exemplo, conectar ao facebook.
    Belo post!

    Abraços

  4. Tenho usado PhoneGap + jQuery Mobile, escrito tudo num editor de texto qualquer (no meu caso, Notepad++) e testado tudo Firefox + Firebug antes de fazer o build pro celular. Pra mim, a maior dificuldade foi o jQuery Mobile, mas depois de entender qual a ideia por trás do framework, que é quem normaliza a interface com o usuário, entendo que este conjunto é a melhor forma existente para desenvolver para dispositivos móveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *