Adobe AIR 101/ Flash/ Flash Builder/ Flash Player/ Flash Player 11/ Flex

Parâmetros para SWF version

air_2_lg.jpg.adimg.mw.138

Com uma atualização frenética e muito rápida, ficou dificil o compilador do Actionscript 3.0 acompanhar essa mudança, principalmente desenvolvedor.

Para tirar proveito dessas novas API, especialmente para o FP 11.x e AIR 3.x você precisa conhecer o parametro -swf-version, ele vai te salvar.

Esse parametro, força o SWF da app rodar na versão especifica do Player ou do AIR que foi compilado, tirando proveito das melhorias e principalmente das novas APIs.

[table style=”1″]
Parametro Flash Player Adobe AIR
-swf-version=9 9.0.115.0 Nenhum
-swf-version=10 10.1 Nenhum
-swf-version=11 10.2 2.6
-swf-version=12 10.3 2.7
-swf-version=13 11.0 2.7
-swf-version=14 11.1 3.1
-swf-version=15 11.2 3.2
-swf-version=16 11.3 3.3
-swf-version=17 11.4 3.4
-swf-version=18 11.5 3.5
-swf-version=19 11.6 3.6
-swf-version=20 11.7 3.7
-swf-version=21 11.8 3.8
-swf-version=22 11.9 3.9
[/table]

Para acompanhar cada release e ver o que vem de novo, basta seguir o link e salvar nos favoritos.

Flash Builder/ Flex

Flash Builder 4.7 Beta está aqui!

flashbuilder4_7

Quem estava anciosamente esperando pelo Flash Builder 4.7 ele está disponível para baixar, nessa versão beta, ele vem com várias novidades, dentre elas a mais esperada era o suporte ao compilador Falcon.

Cada novidade acompanha as implementações feitas do Flash Player 11.4 e Adobe AIR 3.4(beta).

O Flash Builder está muito mais leve, já que retiraram o modo design dessa atual versão, o que para muita gente novata pode ser um problema, já que estava acostumada a drag e drop de componentes, porém com essa remoção traz-se o melhor da IDE, velocidade e produtividade.

O novo compilador traz algumas vantagens em relação ao atual 4.6, já que foi escrito por completo do zero, adicionaram a ele novidades já existentes em plataformas de desenvolvimento como o Microsoft Visual Studio, dentre as novidades do Flash Builder 4.7 as mais importantes são:

  • Suporte ao Apache Flex 4.8 SDK
  • Novo compilador para projetos em Actionscript 3.0
  • Suporte na criação de Actionscript Workers
  • Suporte melhorado ao desenvolvimento de Apps para iOS direto via USB para iPad/iPhone/iPod e também simulator(apenas usuários mac)
  • Configurando múltiplos builds para plataformas diferentes (Mobile)
  • Melhorias no import automático de classes e dependências

Veja o release notes e saiba mais sobre as novidades do Flash Builder 4.7 Beta.

AIR 2.7/ AIR Mobile/ Android/ Flash Builder/ Flash Builder 4.5/ Flex/ Flex Mobile Framework

Flex 4.5.1 SDK e Flash Builder 4.5.1 com suporte a iOS

E viva! o Flash Builder 4.5.1 agora dá suporte a publicar sua aplicação Flex para plataforma iOS. Embora ela tenha lançado esse suporte o Flash Builder 4.1 já havia suporte para projetos com Actionscript 3.0 puro.

Esse novo lançamento vem fomentar mais ainda o mercado e ajudar a entregar aplicações ao tablet da Apple e também ao iPhones. Antes desse lançamento já era possível fazer via linha de comando com o último SDK 4.5. Porém é um baita rodeio para você fazer compliar.

Com os wizards do Flash Builder 4.5.1 para ios, a coisa ficou bem mais fácil. Para quem já tem o Flash 4.5 registrado baixe gratuitamente aqui o update.

Dica importante, para quem está publicando apps em Flex para iOS, não usem o AIR 2.6 SDK que é o padrão dessa versão. Leiam esse documento para que vocês possam utilizar o AIR 2.7 que está 4x mais rápido do que a atual versão suportada no SDK.

Outra dica para quem está publicando para o Blackberry Playbook, leiam esse release no Blog da RIM.

Quem é ligado como eu nos released notes sobre bugs existentes e já conhecidos, leia aqui. Nele você também encontra informações como usar o Flash Builder no Linux.

Flash Builder/ Flash Builder 4.5/ Flex/ Flex para Gerentes

Criando aplicações Flex com o SAP netweaver gateway

O futuro do Flex não está reservado apenas ao mundo Mobile, com quase todas as vagas preenchidas para o próximo curso e lançamento da RIACycle(www.riacycle.com/flexmobile) a Adobe recentemente anunciou uma parceria inédia com a SAP.

A SAP é amplamente utilizada no mercado global de grandes corporações, repito, GIGANTES corporações usam o SAP.

No SaPPhire Now, principal evento da SAP, a Adobe lançou um protocolo de integração junto ao netweaver gateway que é também um produto novo da SAP para navegação e consumo dos dados que são gerados pelo NetWeaver , versão 7.0.2 acima, que já possui suporte ao gateway.



See how to build a simple Flex tablet application using SAP data accessed through the SAP NetWeaver Gateway. (9:58)

Vale muito a pena você assistir o video abaixo onde mostra a integração já nativa no Flash Builder Premium para uma nova release que sai em Junho, já com tal recurso. Visite também a página no Adobe Labs falando sobre essas aplicações Flex e SAP netweaver.

AIR Mobile/ Flash Builder/ Flash Catalyst/ Flex/ Flex Builder 4

O que há e o que será possível fazer com o Flex 4.5?

Andrew Shorten é o cara que manda em toda plataforma de desenvolvedores da Adobe, isso inclui Flex/Flash/Flash Builder/ColdFusion/ColdFusion IDE/ Dreamweaver.
O foco dele nesse momento é ajudar a tornar realidade de criar aplicações móveis usando o Framework Flex. Em um dos cursos da RIACycle já mostramos para empresas e alunos interessados em aprender antes de ser lançado no mercado.

Só que esse post não é para falar de propaganda e sim nessa conversa franca que Andrew e com o entrevistador da DZone. Se você desenvolve seriamente com Flex, você deve assistir esse vídeo.

Tem inúmeras diferenças, e uma delas que eu estou amando até o momento é a possibilidade de usar 1 IDE para criar aplicações com 1 código para Desktop/TV/Mobile.

AIR Mobile/ Flash Builder/ Flex/ Flex Mobile Framework

Flex Mobile em 15 minutos com o Flash Builder 4 codename Burrito

Depois do anúncio oficial da Adobe no evento Adobe MAX 2010, parei por alguns minutos para gravar um video e mostrar para vocês como criar um aplicativo e fazer o deploy em um dispositivo móvel.

No meu caso eu tenho um Google Nexus One onde de forma fácil eu pude criar facilmente um aplicativo com 2 telas e conteúdo simples mostrando como é gerado um aplicativo com o SDK do Flex.

Assista o video abaixo.

Um detalhe para quem ja tinha baixado o SDK do Hero, pode esquecer ele, uma vez que o desenvolvimento vertorial dele era diferente do atual SDK disponível no site do SDK.

Por que é diferente?
Antes a Adobe estava considerando em criar um SDK separadamente, só que devido a fragmentação de SDK’s ficaria complicado manter 2 SDK ao mesmo tempo, um para Desktop e Web e outro exclusivamente para Mobile.
Foi ai que ela preferiu deixar apenas 1 SDK, o que acaba fazendo mais sentido.

Então se você ja tinha o SDK , baixe o novo no site.

Flash Builder/ Flash Catalyst/ Flex/ Flex 3 para Flex 4/ Flex 3 SDK/ Flex 4/ Flex Builder 3/ Flex Builder 4

Flex 3 para Flex 4 : Estilos

Criar estilos no Flex 4 é quase igual a criar no Flex 3, atento apenas em pequenas mudanças devido essa fase de transição e suporte ao Halo. veja as mudanças.

Flex 3 para aplicar estilo na sua aplicação você fez:

1
2
3
4
5
6
7
< ?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<mx : Application xmlns:mx="http://www.adobe.com/2006/mxml" layout="absolute">
 
	<mx : Style source="Estilo.css"/>
 
 
</mx>

No Flex 4 você faz:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
< ?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<s :Application xmlns:fx="http://ns.adobe.com/mxml/2009"
			   xmlns:s="library://ns.adobe.com/flex/spark"
			   xmlns:mx="library://ns.adobe.com/flex/mx" minWidth="955" minHeight="600">
	<fx :Declarations>
		<!-- Place non-visual elements (e.g., services, value objects) here -->
	</fx>
	<fx :Style source="Estilo.css"/>
</s>

Absolutamente não existe diferença entre o uso de um para o outro. Esse exemplo é apenas para uso de CSS externo ao código mxml. Uma vez que você não é tão inocente em escrever o CSS da sua aplicação dentro do próprio arquivo mxml do application.

Mudanças no namespace

Nem tudo são flores, você achou que isso ia passar direto, você pode usar e continuar usando seus componentes do Flex 3 restrito apenas alguns, contanto que respeitem as novas regras de ciclo de vida, você não terá problemas aparente.
O que mudou é que se você continuar usando seus componentes do Flex 3 com o Flex 4 para funcionar os estilos você terá que adicionar um namespace ao arquivo de CSS e também um seletor na frente de cada tag padrão do componente. Por exemplo:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
/* CSS file */
/* CSS file */
@namespace s "library://ns.adobe.com/flex/spark";
@namespace mx "library://ns.adobe.com/flex/mx";
 
 
/*
 Para estilizar seu componente Button do Flex 3 você tem
que fazer isso
*/
mx|Button{
	  /* suas preferencias do CSS aqui */
}
 
/*
	Para usar o Button do pacote Spark você usa assim
*/
s|Button {
	/* suas preferencias do CSS aqui */
}

Veja que não só os css do Flex 3 ainda funcionam como também você poderá mesclar ambos os css, tanto do 4 quanto do 3.

Suporte da ferramenta Flash Builder para CSS:

Você estáva acostumado a ter o Flex Builder com sua facilidade absurda em criar CSS e customizar suas telas, deixando-as cute cute para seus usuários finais. Porém o time de desenvolvimento do Flash Builder (novo nome para o antigo Flex Builder), decidiu tirar o suporte ao CSS da ferramenta e obriga-lo a usar o Flash Catalyst e forcar você a ser um pouco mais ninja. Vai ver algum desenvolvedor com alma boa tenha portado o Flex 3 Style Explorer para o Flex 4 e assim facilitar novamente sua vida.

AIR 2.0/ Flash Builder/ Flex/ Flex 4/ Notícias/ Open-source

Lançados o Flex 4.1 e Flash Builder 4.0.1 update

Para quem estava com problemas no Flex SDK 4.0, a Flex Team lançou ontem uma atualização para corrigir essas falhas, que não foram poucas.
Apenas duas novidades nesse lançamento que é o suporte a Mirroring Layout e suporte nativo ao Flash Player 10.1 e AIR 2.0.

Faça o update do seu Flash Builder 4.0.1 aqui.

Faça o download do novo SDK 4.1 aqui.

O próximo lançamento do Flex SDK,será o codename Hero SDK, saiba mais aqui.

Cursos/ Flash Builder/ Flash Catalyst/ Flex/ Flex 4/ Notícias

Novo curso on-line Flex 4 Essencial

airbanner
Uffa, demorou eu postar algumas coisas aqui. Tem sido corrido com projetos não relacionados a Flex, como também muito estudo. O fato é que conseguimos parar, e bolar um conteúdo impar para o curso on-line de Flex 4 Essencial que acabamos de lançar.
O curso traz todo o conteúdo que eu considero importante para os desenvolvedores já existentes do Flex 2/3 se atualizarem para o Flex 4. Embora eu tenha um certo apelo para novos desenvolvedores que nunca viram o Flex e quer aprender já nessa versão.
O foco do curso é ajudar você a compreender a mudança radical no Flex 2/3 para o Flex 4, incluindo as novidades de ferramenta, integração com todos os produtos da Adobe, inclui exemplos de AIR uma parte extraída de outro curso que é o AIR 2.0 Essencial, Flash Player 10.1, Flash Builder, em fim. Um conteúdo que vai te deixar satisfeito.

Quer aprender Flex 4? Visite o site do curso e saiba mais detalhes.

Flash Builder/ Flex/ Flex 4/ Flex Builder 4

Flex 4.1 daqui alguns meses

Você ai todo contente com o novos recursos do Flex 4. E não é por menos. Daqui alguns meses o SDK do Flex 4 vai sofrer algumas mudanças devido as seguintes funções:

– Terminar o Flash Catalyst finalizar a produção
– Dar suporte ao desenvolvimento para Mobile ( acho que lá para Outubro).
– Esperar a finalização do AIR 2.0
– Consertar alguns bugs já conhecidos nessa última versão.
– Finalização do Flash Player 10.1 (final) ainda está em beta 3.

Vale a pena investir no Flex 4?
Sim, e como vale, o Flex 4 é o mesmo Flex de sempre, só que com algumas modificações que vai definir o futuro do SDK para os próximos anos. Já que entre multi-toques, mouse, teclado,mobile, é dificil não definir um produto que atenda toda essa demanda.
Que é justamente o proposito do Flex 4.

Não sei se você acompanha de perto o desenvolvimento do SDK como temos acompanhado de perto via SVN, há um grande volume de novas classes, para se ter uma idéia com a Adição do FXG e o spark framework e também dando suporte ao TLF, o Flex 4 SDK ganhou nada menos que 1.146 novas classes. É muita coisa para um framework do tamanho do Flex. Embora ainda há aquela velha necessidade de coisas a serem implementadas. Com toda certeza é o melhor Flex desde então já lançado comparando-se ao redondo e estável Flex 3.5a (meu preferido).

O Flash Builder 4 foi baseado nos seguintes suportes:
Flex 3 SDK 3.5.0.12683
Flex 4 SDK 4.0.0.14159
AIR SDK 1.5.3.9120
Flash Player 10.0.45.2

Prova disso é que já foi iniciado dia 19/03, última sexta-feira os ajustes para o Flex SDK 4.1 para esse update esperado.

De um modo geral, você já pode desfrutar de 90% do que há de novo no Flash Player, Flash Builder, Flex 4 SDK, AIR 2.0. Aproveita que ficou mais fácil ainda de se trabalhar com Flex, e o resultado final ficou mais refinado.