AIR 2.7/ AIR Mobile/ Android/ Flex/ Flex 4.5/ Flex Mobile Framework

Criando seu primeiro aplicativo Flex 4.5 Mobile para smartphones Android parte (1 de 3)

Depois de muito tempo sem tempo, olha que controvérsia, acabei com algumas horas livres essa tarde e aproveito para escrever esse post.
Quer criar Apps para Android com o Adobe AIR e Flex? Siga a receita abaixo para isso.

Ja é sabido de sua parte que o Flex cria apps nativas para Android de forma hiper simples. Se você é acostumado ao seu workflow de componentes, ciclos de vidas, você irá facilmente criar Apps elegantes, rápidas e intuitivas para dispositivos móveis.

O Framework do Flex, que usaremos é o Flex 4.5 com overlay do Adobe AIR 2.7, que conta com 4x mais performance do que o AIR 2.6. Em suma, o Flex roda em dispositivos móveis por que o AIR Run-time roda no Android.

Só que antes de você sair comprando ai seus dispositivos xing-lings ou baratinhos com o Android para testar suas criações artisticas, aconselho ler esse POST.

Para começar a brincadeira, você vai precisar de alguns ingredientes, vamos aos itens:

Antes de configurar alguma coisa, é super importante que você tenha em mente a seguinte afirmação. Eu entendo os riscos e serei um bom garoto(a), e nunca irei portar nenhum App meu com Datagrid de 100 registros dentro de uma App móvel, não farei Zilhões de operações.

Ok! Agora pode continuar.

Criando uma conta no Google e no Android Market

Esse passo é o mais simples que você encontrará nesse post, duvido que você não tenha uma conta no Google, vai dizer pajé que tu não tem um @gmail.com ? Uma continha perdida do Orkut? Ah! você vive em outro mundo que não é esse, volta para lá de onde tu veio vai! Esqueça isso de Mobile.

Ok, animos acalmados, criou a conta? Ah! Já tem? Ótimo, o próximo passo é registra-se no Android Market e se tornar um publicador de Apps lá. O processo é mega simples, entre no endereço https://market.android.com/publish/Home
android_publish_home.

Coloque seu login e senha e clique em Login, como você ainda é novato, vai aparecer outra tela perguntando seu Developer Name, dados de contato e telefone. Lembre-se coloque um nome de guerra, nome profissional, nada de vitinho, Vikky, Fofinha, LindinhadoAndroid, algo que passe credibilidade aos seus futuros usuários, Caso você seja uma empresa nem preciso fazer essas recomendações, basta colocar o nome da empresa que você quer usar como Developer Name no formulário.

android_publish_info

Clique agora em Continue.

Depois disso, você precisará dos

US$25 dolares

para fazer a sua inscrição no programa por 1 ano, se você tem conta no Google Checkout basta gastar por lá, caso contrário use algum cartão de crédito de qualquer bandeira que aceite transações internacionais.

android_publish_pagamento

Pronto, você está com a conta no Google Android Market criada e é só aguardar a liberação. Em média esse processo é quase imediato, em outros pode levar cerca de 1 dia no máximo. A coisa é rápida, então fica de olho no e-mail de boas vindas quando tudo for aceito pelo Google.

Aqui está minha dashboard no Android Market.

android_publish_dashboard

Configurando o Flex 4.5.1 SDK para usar o AIR 2.7 SDK

Como o SDK do Flex 4.5.1 ainda vem com suporte ao Adobe AIR 2.6 que é cerca de 4.x mais lento tanto no Android quanto no IOS, você vai precisar configurar seu SDK, esse processo agente chama de “SDK Overlay”, que é basicamente um CTRL+C e CTRL+V em alguns diretórios que sobrepõem arquivos antigos do AIR 2.6.

Baixou o AIR 2.7 SDK? Ok, feito isso extraia ele para um diretório de sua confiança, que seja simples de acessar. O pacote contendo o AIR 2.7 SDK tem os seguintes diretórios e arquivos.

air_2.7_sdk

Se você tem um igual, sinal que vai dar tudo certo, meio caminho andado.

Baixou o Flex 4.5.1 SDK? Ótimo, faça o mesmo processo do AIR 2.7 SDK e descompacte ele no seu diretório predileto, eu particularmente sempre deixo em um diretório meu chamado SDKs, porém nesse exemplo tem pessoas que gostam de deixar no mesmo diretório dos já existentes SDK do Flash Builder 4.5.1.

Ok, se você tem o SDK já descompactado, basta copiar o conteúdo da pasta onde você descompactou o AIR 2.7 SDK dentro da pasta do Flex 4.5.1. SDK. A idéia é sobrescrever os já existentes.

Feito? Ok, próximo passo é instalar o Flash Builder, a ferramenta perfeita para você criar suas apps, não só para Android como para outros devices, ios, BlackBerry Playbook, Web e Desktop.

Flash Builder Instalado? Perfeito, vamos agora configurar o ambiente Android para rodar sua app no console nativo que o próprio google disponibiliza.

Configurando o Android Console

Já tem o Java instalado em sua máquina? Então pule essa etapa, ela só serve mesmo para quem nunca usou o JDK ou tem apenas o JRE.

Para você testar no console, você precisa do JDK(Java Development Kit), que já vem tudo em um, então dependendo de seu sistema operacional, você precisará fazer alguns processos manuais, já no Windows é meio for dummies, é next-> next-> finish.

Baixou o correto referente ao seu OS? Instalou? Ótimo, pois agora precisamos definir as variáveis de ambiente do JAVA_HOME nas configurações globais do sistema operacional.

No Windows, vá em Iniciar – > Computador -> Botão direito do mouse -> Escolha propriedades -> Escolha aba Configurações Avançadas -> Variáveis de ambiente.

Adicione um novo registro na suas variáveis de ambiente com o nome JAVA_HOME. Olhe o exemplo abaixo.

jdk_java_home

Se você configurou tudo certinho, você pode testar no prompt do DOS do windows digitando java -version. Vai aparecer isso aqui ó.

java_version_console

Agora você está pronto para o Android SDK.

Baixando e configurando o Android SDK

Baixou o SDK? Então descompacte em um diretório de fácil acesso, eu coloquei o meu em C:/android-sdk. Para facilitar digitação de comandos.

Execute o SDK Manager, que é o carinha responsável por baixar todos os arquivos necessários do Android SDK da nave mãe Google.

android_avd

Pela primeira vez, esse processo dependendo de sua conexão com a internet, leva uma média de 1 hora para baixar todos os arquivos para seu computador.
Depois disso ele fica como o meu aqui.

android_sdk_dir

Ok, tudo configurado e instalado, vamos verificar se está mesmo. Com o mesmo comando que fiz para o java -version, usarei agora o comando adb version que é o Android Debug Bridge , para ver se executa corretamente.

android_adb

Se aparecer como na imagem acima, é sinal que tudo está correto e perfeito para criarmos nosso Android Emulator, onde iremos simular o sistema operacional Android. Prontos para esse passo?

Ah! Que esqueci, que depois que ele instalar tudo, ele vai pedir para você fechar o SDK Manager e abrir novamente, para que as alterações sejam aplicadas.

Criando o Android Emulator

Ok, volte agora ao SDK Manager e escolha a opção Virtual Devices.

android_virtual_devices

Veja que nesse meu eu já possuo 2 devices virtuais, para criar outro basta clicar em “New…”.

android_new_console

Preencha os dados de seu virtual device, assim como mostra na imagem acima, veja que eu não esqueci de criar usando o Android 2.2 API level 8, que é o necessário para o Adobe AIR rodar e consecutivamente o Flex. Como eu quero apenas testar a App nativa no dispositivo virtual eu deixei as outras configurações padrão, salvo apenas para a memória alocada de 100mb para esse console. Agora clique em “Create AVD”.

O AVD foi criado, só que agora falta executar, esse processo é bem gastante se você tem pouca memória na máquina, típicos 2GB, demora aproximadamente 20min até 30min para ele começar realmente executar, Eu por exemplo tenho 8Gb de memória e leva uma média de 5min. Se você tiver problemas na hora de executar veja se o JVM está setado corretamente.

Para executar, basta clicar em “Start…”.

android_starting

Essa tela preta é demorada, então aproveita e vai tomar um café, falar com sua tchutchuca.

….
……………
Passados alguns minutos. E eis que temos a tela inicial do Android rodando.

android_started

Android rodando, navegando na Web, agora só temos um problema, não temos o Adobe AIR instalado para testar a App, como fazer?

Instalando o Adobe AIR APK no seu emulador

Se você é por natureza curioso, dúvido você não ter bisbilhotado o SDK do Flex que você fez o overlay(Sobreposição) do AIR 2.7 no Flex 4.5.1 SDK. Abra esse diretório para você navegar nele, dentro do SDK você vai encontrar o nosso famoso AIR.apk que é necessário para rodar suas Apps.

air_apk_folder

Veja que eu fiz um mapinha de onde você vai achar o run-time do AIR para seu emulador Android, existem dois, para o Device e para o Emulador, você deve usar a versão Emulador, que é com ela que você vai conseguir emular alguma coisa. Resumindo eis aqui o caminho completo em minha máquina.

C:Program Files (x86)AdobeAdobe Flash Builder 4.5sdks4.5.1_air2.7runtimesairandroidemulator

Lembre-se seu índio, que o diretório na sua máquina pode ser diferente, se não você vai reclamar depois nos comentários que não consegiu achar o tal APK.

Eu copiei o meu para esse exemplo para o diretório raiz, C:/ para facilitar agora o processo de digitação pelo prompt de comando.

Abra o CMD(MS-DOS), e digite o comandos abaixo.

adb devices

adb_devices_list

Se aparecer o nosso Emulador em execução,é por que está tudo OK.

Para instalar é super simples, digite o comando.

adb install {NOME-DO-EMULADOR} c:/Runtime.apk

adb_devices_install_sucess

Finalmente terminamos essa parte chata de configurar a máquina, seu Adobe AIR está funcionando perfeitamente no seu device, Só que como é que eu sei que ele está instalado? Tem 2 formas, vê se o resultado do comando de instalar deu certo e também indo no Emulador, clicar em
Settings -> Applications-> Manage Applications; E você vai ver o Adobe AIR instalado lá.

air_installed

Tudo pronto, agora só abrir o Flash Builder já instalado e começar com sua App Hello World. Nos vemos na próxima Etapa.

Aproveite e participe do grupo de discussão Flex-Mobile

5 thoughts on “Criando seu primeiro aplicativo Flex 4.5 Mobile para smartphones Android parte (1 de 3)

  1. Parabéns pelo post, era tudo o que eu estava procurando para entender como funciona as Apps em Flex no Android

  2. Parabéns, gostaria de saber se tem algum grupo de desenvolvimento em flex para me indicar, estou tendo um problema em usa o App num aparelho da Coby. Grato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *