Flex/ Flex 3 para Flex 4/ Flex 4

Flex 3 para Flex 4: Componentes não visuais

Essa é uma mudança peculiar, no Flex 3 independente de qual seja a função do componente, ele sempre fica no escopo geral do Application.

Por exemplo:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<mx:Application xmlns:mx="http://www.adobe.com/2006/mxml" layout="absolute">
 
	<mx:ArrayCollection id="blogpost">
			<mx:Object id="postid" titulo="" datapublicada=""/>
			<mx:Object id="postid" titulo="" datapublicada=""/>
			<mx:Object id="postid" titulo="" datapublicada=""/>
	</mx:ArrayCollection>
 
</mx:Application>

Não só ArrayCollection, como HTTPServices, RemoteObject, Producer, Consumer, WebServices, Array, Number, Validadores, Formatadores e até mesmo seus componentes não visuai. Todos esses conhecidos componentes que também são confundidos de classes, podem ser utilizados em qualquer local, contanto que seja dentro do escopo da Application.

No Flex 4, devido a maneira como você cria objetos visuais no atual modelo do pacote Spark, houve a necessidade de tirar essas mudanças, deixando a coisa mais organizada, só que ao meu ver, apenas para dar mais suporte ao Flash Catalyst, por isso que chamo de mudança peculiar.

Então veja só, no Flex 4, todo e qualquer componente que não for visto pelo usuário final deve ficar declarado dentro de um tag, tal tag chamado de . O código do Flex 3 aplicado ao Flex 4 ficaria assim:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<s:Application xmlns:fx="http://ns.adobe.com/mxml/2009"
			   xmlns:s="library://ns.adobe.com/flex/spark"
			   xmlns:mx="library://ns.adobe.com/flex/mx" minWidth="955" minHeight="600">
	<fx:Declarations>
		<!-- Place non-visual elements (e.g., services, value objects) here -->
 
		<s:ArrayCollection id="blogpost">
			<fx:Object id="postid" titulo="" datapublicada=""/>
			<fx:Object id="postid2" titulo="" datapublicada=""/>
			<fx:Object id="postid3" titulo="" datapublicada=""/>
		</s:ArrayCollection>
	</fx:Declarations>
</s:Application>

Então da próxima vez que for usar componentes não visuais, atento para essa dica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *