Flex

Flex agora é uma marca registrada da Fundação Apache

apache_flex_logo

É uma grande vitória da comunidade que tenta colocar o Flex novamente no eixo sob o comando da comunidade, agora várias outras empresas podem criar soluções que complementem o SDK do Flex sem se preocupar com citações nos tribunais.

A Adobe hoje assinou o documento que legaliza o uso da marca para fundação Apache, porém poderá explorar comercialmente o nome “Adobe Flex” para os próximos 3 anos.

7 thoughts on “Flex agora é uma marca registrada da Fundação Apache

  1. A dúvida agora é saber se a fundação apache vai conseguir segurar a onda e manter o flex vivo. mas por hora essas são sim boas noticias.

  2. Gostaria de saber se ainda vale a pena adquirir auqele livro de Flex AVANÇADO da editora novatec, tenho uma promoção de 42,00, mas visto que o flex está já em 4.8 será que vale a pena?

    • Eberton, tudo é válido o Flex Avançado cobre o Flex 4, você só precisa aprender as mudanças do 4.0 para o 4.8 que são poucas em relação ao 3.0 para o 4.0

  3. Igor,

    Sou o único a desenvolver em Flex (com Java no back-end) na minha empresa e estou sem argumentos, diante da boataria, para manter meus projetos. Adoro desenvolver nesta plataforma e estou profundamente frustrado com a situação (enquanto os desenvolvedores na web tradicional estão rindo à toa)

    Afinal o Flex e Ria em Geral, tem futuro ? Qual sua opinião ? Que fontes posso procurar para sustentar argumentos a favor da tecnologia

    • José,

      O Flex continua tendo futuro assim como o HTML5 tem. Não existe meio termo para utilizar uma tecnologia tão boa quanto o Flex. O único problema é o mau estar
      gerado entre a comunidade de desenvolvedores e a mudança de foco da Adobe em se transformar em uma empresa de serviço e não mais de software.

      Flex está com futuro garantido na fundação Apache, eu faço parte do projeto e a tendência é que o Flex amadureça mais ainda em se consolidar uma ferramenta de GUI(UI)
      de forma abrangente, não só atingindo o Flash Player e Adobe AIR e sim em qualquer navegador, Desktop e Mobile.

      O Flex está caminhando para se tornar uma linguagem de desenvolvimento de interfaces assim como o Qt, Cascates, HTML5 em diante.

      O HTML 5 está preparado para Aplicações Web? Está porém a curva de aprendizado é gigantesca, já que não existem padrões e em terra sem lei quem tem mais poder manda.

      Existe seus prós e contras em qualquer tecnologia. O pessoal de padrões Web tem sua sorte lançada para 2022. Existe um certo ceticismo no mercado Enterprise em continuar
      adotando tecnologias que sejam duradouras, o Flex mesmo sem apoio da Adobe continua presente nas TOP 500 empresas da Forbes.

      Flex continua sendo a bola da vez? Não tanto, mais continua desenvolvendo seu papel em criar Apps fantásticas.

      Por hora é o que eu posso lhe dizer.

  4. Igor,

    Obrigado pela resposta. Já me dá um alento para continuar na briga pelo desenvolvimento na plataforma, até porque, como você disse, é possível construirmos aplicações excelentes, nas quais os usuários são os mais privilegiados, usando Flex.

    Além disto, consigo com o conjunto Java+Flex atender, de modo muito otimizado, os requisitos de um Sistema, mantendo, manutenibilidade, flexibilidade e grande produtividade na construação. Infelizmente, os desenvolvedores na plataforma tradicional, cismam em não atentar para isto.

    Muito obrigado,

    José Marcello

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *