Pessoal

O que todo desenvolvedor Brasileiro deveria ter

Ao ler esse artigo escrito em 2010, ignore erros de português; Eu o escrevi em um tablet em um vôo de SP para Petrolina. E a emoção de escrever e não editar é um fracasso que todos estão sujeitos à possuir.

Você pode até ter pensado em softwares, dicas, mvc, etc. Não nada disso. Ao contrário disso, é umas dicas de interesse comum para fazer você valorizar não só seu trabalho, mais cada centavo que você ganha na ardua vida de desenvolvedor.
É sabido que no Brasil, temos diferentes culturas, diferentes custos de vida, diferentes perfis profissionais e consequentemente diferentes salários para a mesma função. É justo ter isso por que mantém o equilíbrio na economia nacional e local.
Então, 5 anos atrás eu decidir tomar um novo rumo, gastar menos e ganhar mais. Como desenvolvedor, esqueça você nunca vai chegar a ficar rico nessa área, pode ter uma vida boa, viver confortavelmente, levar a patroa para passear com as crianças e até mesmo comprar aquele automóvel lindo que você queria pagando ai em LEASING ou CDC.
Comecei a jornada em 5 anos atrás e hoje eu já vi e sinto os reflexos do que eu conquistei trabalhando muito menos e ganhando muito mais. Como não sou egoista, aqui vai minhas sinceras dicas que apliquei a mim, não sei ao certo se vai funcionar com você, comigo estão funcionando:

Paciência

É um ingrediente chave para seu sucesso como desenvolvedor. Sem ela você poderá comer o pão que o capeta amassou. Quando me refiro a ela, me refiro a ter cautela em declarações feitas ao cliente e/ou ao empregador. Não tome decisões furadas ou mude de emprego por causa que vai ganha R$500,00 a mais em seu salário. Eu ja vi gente fazendo essa estúpida decisão e depois ficar desesperado.
O segredo de tudo é ser paciente; Sabe aquela história que todos falam mais ninguém prevê “…Pense 2 vezes antes de fazer isso…”. Leve ela à sério. Uma decisão tomada erradamente vai te prejudicar para o resto de sua vida e de quem está ao seu lado (para os casados).

Seja Esperto

Não imagine querer passar a perna em alguém jamais. Quando eu me refiro a ser esperto eu me refiro a não sofrer uma rasteira de um trabalho freelancer que você pegar. Nosso país tem a famosa fama “Ô mania de brasileiro de sempre querer ter vantagem”, isso é um tabú. Sabendo disso faça a coisa certa. Fale sempre a verdade para seu cliente, mesmo que você tenha que devolver o dinheiro e ficar no prejuízo. A verdadeira importância do negócio não estar em apenas ganhar e sim em saber perder. Se você só pensa nos ganhos financeiros e não na satisfação do cliente/empregador, você precisa de tratamento.
Provavelemente você se pergunta, então como posso ser esperto? Simples, faça tudo em contrato recíproco. Aquele tipo de contrato que ambos saem ganhando em segurança, trabalho e valores. Um contrato de uma via só onde só você ou o cliente/empregador sai ganhando, vai dar em processo ou até pior virar uma merda.

O contrato que mais se encaixa em projetos gerais é o contrato de escopo negociável. Ele é justo nesses casos e vai te ajudar a tirar a indecisão de “fiquei na dúvida agora”.

Organize seu tempo

Quando se é solteiro, viramos madrugadas afora conectado no PC, onde maior parte do tempo gasto é em MSN, Gtalk, Twitter, Youtube. Vai dizer que não é assim? Só que quando você casa, a mulher quer atenção, ai vem filhos, etc, a coisa muda de cenário. Você sendo honesto consigo vai ver que não tem como fazer mais isso. Então provavelmente das 24 horas que você tem você gasta 8 horas dormindo, 4 horas em refeições, 5 horas com a patroa/filhos e 6 horas de tempo livre. É tempo bastante para se divertir com o que você gosta. Falta 1 hora né? Gaste com excercícios físicos.

Eu tenho um amigo Thomas, sempre que converso com ele me divirto. Ele sempre está “Atolado de freela”. Nunca está disponível para um rolé no shopping com os amigos, filmes etc.Estou sempre reclamando com ele, por que do tanto que ele trabalha deve ser milhionário não é Thomas? (Tô ferrado se ele ver que escrevi isso).

Organizando seu tempo você vai criar tempos livres que aconselhavelmente serão gastos em estudos. Uma hora livre pode não parecer nada. Agora tente passar 1 hora em um avião e você vai ver quão longo é 1 hora.

Especialista vs. Generalista

Falar nisso é tabú na certa e você vai descordar antes mesmo de começar a ler o resto. Essa idéia de ser um expert em uma só linguagem de programação é furada na certa. A cada 18 meses sua linguagem de programação vai ganhar outros concorrentes que nem mesmo você esperava. Então adapte-se. Seja um expert naquilo que você sabe, porém aprenda outras linguagens de programação. Não que você possa precisar um dia. Mais no dia que o cinto apertar você precisa folgar ele. E para folgar você precisa saber como. Como? Você ja sabe, escrevendo código para empresa/clientes.

Não amole muito nesse ponto, Seu cliente não liga a mínima em que linguagem você escreveu, ele vai dar a máxima se ele ficou satisfeito com o resultado final, se a experiência do usuário do sistema/site dele foi ótima e se o sistema funciona. Então, qualquer linguagem isso é aplicável, indepentende do que você vai ou pretende fazer, desde que saiba o que está fazendo. Ficou na dúvida, então procura por amigos, conselheiros, google. Em todos os casos alguns desses vão te ajudar.

Esqueça Trends

Trends são passageiros e tem muito aspirante a desenvolvedor que me envia e-mail perguntando “Sai da faculdade agora, em que devo investir”. Se você saiu da faculdade e ainda não sabe. Você tem 90% de chance de trabalhar em outra área que não seja na área que você estudou. Então não tenha a idéia de “maria vai com as outras”. Não se baseie em sucessos feitos por desenvolvedores de ipad,iphone que ficaram ricos da noite para o dia “From rags to Rich”. É casos raros e acaba com sua carreira. Então como é que se faz? Você sempre tem um amigo bom de programação, em qualquer das linguagens, se você gostar do que ele faz, é melhor segui-lo. Ou não! Ler um blog pode lhe influenciar, se você se sente bem ao ler um determinado blog, veja o que aquele desenvolvedor faz e tente segui-lo. Então nesses casos eu não tenho uma receita certa, eu vou pelo meu instinto.
Foi o que aconteceu em 2004. Falei que o Flex iria decolar, aqueles que me segiram na época hoje eu mal vejo, todos estão com seu próprio negócio e de bem com a vida, pelo menos eram 10 e da para lembrar de todos não é Brianezi?

Ajude para ser ajudado (Adicionado depois de 1 hora publicado esse artigo)

Gosto muito de uma frase que se diz “O verdadeiro sucesso é quando você ajuda as pessoas a atingirem seus sonhos de criança”. Essa frase foi de Randy Pausch quando ainda era vivo.
Existem vários tipos de ajuda, independente do que ela se trata. A vida é páginas de um livro, a folha que você acabou de virar é antiga, a nova sempre é uma descoberta. E tem muita gente nova querendo aprender, e por falta de experiência as vezes faz perguntas bobas ao seu ver. Porém não ignore-o, ajude sempre que puder, tenha em mente que você ajudando aquela pessoa ela de um certo modo vai lhe admirar por muito tempo e até lhe indicar para trabalhos futuros, por que ela vai lhe enxergar como uma referência profissional para ela, o que acaba completando o que escrevi antes “Esqueça trends”.
Ajudar não vai doer ou diminuir seu tempo. Vejam o caso do Vedovelli, Ele é um blogueiro que virou empresário e montou sua própria empresa. Só que você que chegou agora, pode imaginar que foi da noite para o dia, porém levou-se anos dedicando a ajudar as pessoas, blog, emails trocados, etc. E olha onde ele está hoje. Duvido que lhe custou fazer isso. E também duvido que ele fez isso pensando apenas no retorno. A ajuda em boa hora salva uma pessoa ou uma equipe. Não só o Vedovelli como exemplo, existem vários outros por ai, como o fundador da Boo-box o Marcos, O Daniel criador do pag-seguro. Em resumo eu lhe digo que a vida é uma caixa de surpresas boas, não veja apenas pelo lado bom, tem ruins, e mesmo assim elas continuam sendo boas.
Como assim ruins sendo boas? É fato que agente não gosta de erros, coisas ruins, percas. Porém aprenda com ela. Dizem lá pela China que o ontem é passado, o amanhã é um mistério e o hoje chama-se presente por que é uma dádiva. Então aproveite seu tempo de dádiva plantando coisas boas.
Pode ser blog, participação em lista de discussão, comentário construtivo sobre um trabalho feito, não trollagem, falo em construção de pensamento do autor de cada email, post etc. O que não vale é confundir boa vontade de alguém com pedidos de ajuda em msn, skype, gtalk etc. O google é feito para isso, basta saber fazer a pergunta, o que muita gente esqueçe disso as vezes. Então antes de perguntar, estude sua pergunta, vai que nesse estudo de pergunta você não acha sua resposta.

Valorize seu salário ou recompensa

Não conheço 1 desenvolvedor que tenha o saco da satisfação cheio com o salário que ganha. Duvido que você conheça. Na pior das hipóteses ele vai tentar completar a falta de $$ com freelas e acaba esquecendo de viver. Primeira dica que eu dou nesse quesito é “Não reclame do seu salário”. Não é que você ganhe mal, você é que gasta mal seu dinheiro, com coisas bestas. Não estou falando em ser mão de vaca ou “canginha” como se dizem em Pernambuco. Estou falando em saber gastar seu dinheiro. Com bobagens eu nunca gasto. Quais são as bobagens? Trocar de computador todo ano, comprar coisas que você vai usar no primeiro mês e depois esquecer. Eu já fiz isso, comprei um Nokia E72 e usei 1 ano, depois largei de mão e passei para frente. Fui burro, de nada me serviu ele a não ser me deixar mais pobre por que eu ligava constantemente para namorada(hoje esposa).

Como valorizar aquilo que eu ganho? Economise e compre Ativos, sabe o que são eles? Aquele tipo de coisa que você compra e vai te dar lucro em um médio período ou em um longo período. Se dé, economise para comprar Apto, terrenos, ações na bolsa. Falando em ações hoje é simples fazer isso.
Calcule comigo:

Fulano desenvolvedor ganha mensalmente R$2.500,00.
Descontos em impostos direto na fonte: R$330,00
Ele gasta com aluguél + àgua + energia + internet = R$650,00
Ele gasta com compras de mercado para ele e esposa R$500,00
Ele gasta o resto da grana com coisas bobas = R$1.020,00
E 4 dias após receber o salário ele já fica liso.

Agora se ele levasse a sério o item “Seja esperto”. Ele usaria a lógica switch. Juntaria e compraria novos empreendimentos na cidade, geralmente um terreno 10×20 custa na faixa de seus R$6mil reais em novos bairros. Ou em ações que rendem no mínimo 20% ao ano (Ora é melhor que poupança).

Então, ele pegaria R$400,00 reais mensais e aplicaria em uma ação ON, tipicas ações como Petrobras, Vale, HP, etc. Em 1 ano ele teria:

Ganhado o salário bruto R$30.000,00
Com salário líquido de R$26.010,00
Investido em ação ON R$4.800,00
Tendo uma taxa de valorização em 20%/ano : R$960,00
Valor total disponível depois de 12 meses de investimento R$5.760,00

Desse valor ele pegaria e compraria um terreno em um bairro pobre de seu municipio. Em 4 anos esse mesmo terreno estaria custando 40% até 50% mais caro do que ele comprou.
Então ano após ano ele faria isso e depois de 10 anos de experiência no mercado ele teria 10 terrenos valendo em média cada R$10.000,00 o que lhe daria R$100.000,00 de patrimônio.
E ele só precisou economizar anualmente R$4.800,00 e lucrou 110% sobre o mesmo período.
Então pergunto a você, você ganha pouco? Ou não está sabendo gastar o que ganha? Eu fico com a segunda opção.

E se caso não te interessa esse tipo de assunto, você pode investir em Ativos fixos, como: Comprar equipamentos como celulares, notebooks, pc, para trabalhar e em um certo período tirar o investimento feito, que foram trabalhados na sua aquisição. O que muita gente acha caro comprar um celular para criar aplicativos em média R$2k e um PC bom por $5k. Você pode tirar em um trabalho até 3x o valor que você investiu, então portanto o que você comprou se paga.

Todo esse exemplo acima é enxergando da maneira mais bizarra possível, ou seja sendo excessivamente pessimista.

Essas são minhas pequenas e sinceras dicas para todo desenvolvedor, seja ele do HTML até o assembly. A vida é curta demais para você ficar baixando torrent e não investir. E você mais alguma dica? sugestão? Queria ouvir de você também sua experiência.

Dicas/ Negócios/ Pessoal/ RIA

A gerência e sua curta visão de mercado RIA

Daqui alguns dias, iremos treinar 237 pessoas em um mini-curso de Flex 3 para aqueles que nunca tiveram contato com o Adobe Flex, ou até para aqueles que já tem porém bem limitado seus conhecidos.
Falando um pouco do curso, a idéia geral é mostrar não o caminho das pedras mais uma visão geral passando por vários tópicos já listados no conteúdo programatico, deixando assim qualquer um dos 237 aptos a entender como funciona o Flex e até mesmo rabiscar algumas linhas de programação em Actionscript 3.0 e MXML.
Porém, até hoje de manhã tinha guardado comigo 12 e-mails dos inscritos reclamando do curso por ser em uma segunda feira. Pensei logo em seguida “Hora raios! De graça e ainda reclama? Um curso que custa cerca de R$590,00 por cabeça e a pessoa ainda não reconhece…”.
Depois que fui lendo o e-mail, retirei o que pensei e vi que o grande problema era gerencial. Onde começo agora com o prólogo deste post.

Você querido desenvolvedor se pergunta “Por que meu chefe é tão chato? Por que ele é um pela saco? Por que ele é tão grosso? Por que ele nunca entende os problemas? Por ques???
São tantas as perguntas, mas o que você já sabe é que seu chefe é um mané ou um escroto. De dois um.

É o que acontece com os 12 que me enviaram e-mails, reclamando que os “chefes”, não estavam querendo libera-los para fazer o treinamento e que eu poderia passar essas vagas para outras pessoas. Humm “Huston we have a blind problem”.
Esse post é para os gerentes. Raciocinem comigo. Vocë possui 3 programadores dos quais os 3 querem fazer o treinamento, porém impossibilitados pela sua cegueira. O que fazer? Simplesmente deixe-os fazer. O por que disso eu explico logo abaixo.
Imagine que sua empresa atual está super empolgada com o novo Delphi, novo Powerbuilder, novo GWT. E esses projetos podem dar um certo retorno a sua empresa. Porém dá uma baita dor de cabeça em questão de suporte que muitas vezes você chega a perder o cliente por que o sistema não atendeu as espectativas necessárias do cliente.
Então caro amigo, mude para o Flex, Não que ele seja a salvação de todos os seus problemas, que ele venha tirar leite de pedra ou coisa do tipo. Mais te garanto uma coisa, ele agrada e muito na hora de fechar uma nova venda, de atualizar aquele teu antigo sistema, de agregar valor ao seu novo produto. Em uma nova roupagem.
Vocë caro gerente sabe que recursos ou seja “Pessoas” é o maior capital e patrimônio de uma empresa, se você não tinha essa visão é melhor começar a te-la. Então pense comigo, qual o maior gasto com capital humano? Treinamento, acertou em cheio.
Treinamento é sem dúvida uma das coisas mais caras e prolexas de uma empresa de médio e grande porte. Imagine que em 2007 um grande banco brasileiro nos chamou para dar treinamento. Ao total foram 289 pessoas treinadas por nós. De longe foi o maior treinamento pago e privado já dado por nós. Imagina quantos zeros foi esse treinamento e por quanto saiu cada cabeça?
Agora você tem uma importante decisão a ser feita. Libero ou não para o treinamento?
É contigo campeão. Vocë economiza no treinamento e ganha em dobro, por que seu desenvolvedor já sabe alguma coisa em Flex e você pode até arriscar um novo treinamento mais elaborado conosco e mais barato devido ao seu gesto nobre.
Sem contar que existem outros benefícios como melhorar sua visão de mercado, atingir clientes e inovar com o conceito RIA, etc.

Agora caros desenvolvedores, se você é do meu tipo que gosta de ter um diálogo aberto, super direto e honesto. Mostre esse post ao seu querido chefe. Ele vai adorar.

Flex/ Negócios/ Oportunidades de emprego/ RIA/ Sexta-Flex Talkshow

Slides e gravação da palestra "Empreendendo com soluções…"

O título fica muito grande, abreviar é melhor :)

Obrigado a todos os 43 participantes que passaram pela palestra, realmente foi maior do que as minhas espectativas.
Para os que não puderam participar ao vivo podem assistir uma parte da gravação do evento. Uma vez que esquecei de apertar o botão de “record” na hora. Em fim morrendo e aprendendo. Acho que vou adotar essa técnica justamente para estimular o participante à comparecer ao vivo.

Link da gravação : http://experts.na3.acrobat.com/p55829457/
Slides da apresentação em formato PDF: Baixar aqui.

Slides em Slideshare:

Comunidade/ Dicas/ Eventos/ Flex/ Negócios/ Notícias/ Oportunidades de emprego

Palestra: Como ganhar dinheiro com Adobe Flex e Adobe AIR em tempos de crise

money

O título do post é o título das palestras que serão realizadas no dia 13/03/2009 no escritório da Adobe Brasil.
Será duas rodadas de palestra a primeira pela parte da manhã das 10:00 até as 12:00 para quem escolheu participar pela manhã, a segunda palestra terá o mesmo conteúdo da primeira só que para quem escolheu participar pela tarde, das 15:00 até as 17:00.

O mini evento, acontecerá na sala de treinamentos da Adobe Brasil. Como é pequeno o local e com capacidade apenas para 20 pessoas, estamos dando a oportunidade de você participar no horário que mais encaixa com o seu.

Por que essa palestra?
Em pouco menos de 6 meses, a crise econômica abalou todo o mundo, e atingindo diretamente ou indiretamente Brasileiros que atuam nessa área de desenvolvimento de software com soluções Adobe para aplicações RIA. Temos um knowhow e uma maneira diferente de atuação no mercado Brasileiro e gostariamos de compartilhar um modelo de open-source business model. Que é mais ou menos assim. Iremos lhe ensinar a pescar usando nossas técnicas que dão certo em um tempo que o mercado não está muito para peixe.

Queremos lhe ajudar a mostrar ninchos de mercados, maneiras de trabalhar com a tecnologia e como resgatar fluxo de caixa com elas.

Como participar?

Preencha este formulário http://spreadsheets.google.com/viewform?formkey=cElCX1BMMGt6bk9Weks3cDNGRjdXTmc6MA.. Seja Fiel a suas respostas e participe.

Infelizmente não podemos estender essa palestra para o mundo virtual, vamos aproveitar quem está presente no evento, por ser um modelo adotado e adaptável ao mercado de São Paulo. Futuramente pretendemos adaptar o material apresentado para outros ninchos de mercado Brasileiro.

Participe, garanto a vocês que será uma excelente palestra para quem realmente quer fazer carreira e sucesso com as duas tecnologias.

Público Alvo:
Desenvolvedores independentes, Consultores, Gerente de negócios, Pequenas empresas, Softwaréouses. Será uma palestra onde não é abordado termos técnicos ou coisas relevantes a programação. Lembre-se são negócios.

Garanta sua vaga. Participe

Quem está patrocinando o evento?

A Adobe como sempre ajudando quem pede ajuda.
A igorcosta.com uma das líderes de mercado Brasileiro em RIA.

Nota: Os dados preenchidos nesta pesquesa será repassado para o pessoal de Marketing da Adobe.